sábado, 23 de fevereiro de 2008

ORVALHO

Foto de Jones/Serie -Flores de meu jardim, 07

O orvalho; já não me enganam mais ...

Descobri que são lágrimas dos

Anjos-homens,

Homens-anjos,

Demônios-homens,

Homens-demônios !

E te todos que vagueiam de noite, inVISÍVEIS

Quer saber de quem são estas lágrimas ?

Antes que o sol rapte, como sempre faz...

prove... desguste...

Pois sempre sabemos de quem e para quem são ...

Um comentário:

Uma Sonhadora! disse...

Quanta sensibilidade... ternura... encanto... Poesia! Sim, sempre sabemos quem e pra quem nossa sensibilidade explode... transpira! Já adicionei seu blog em meus favorito. Parabén!!! Amei!!! beijão da Maura*